terça-feira, 20 de setembro de 2011

Risotto de Funghi e Vinho do Porto



Como não acontece frenquetemente...minha cozinha é um dos lugares que tenho menos frequentado nas últimas semanas. Posso argumentar falta de tempo? Posso, quem não pode?! Posso argumentar que pode ser por conta da minha dieta? Claro, também posso! Mas a verdade é que ando com preguiça mesmo...é feio isso? Claro que não. O que sei na verdade é que ir para a cozinha com pouca ou quase nenhuma vontade nunca dá muito certo...aquele temperinho mágico, aquele tal de amor, faz toda a diferença. Não adianta mesmo, muita gente me pergunta qual é o "pulo do gato", qual o segredo do chef; mas no fim sempre tenho que concordar que é a atenção, boa vontade, amor e dedicação que fazem com que um prato não seja simplesmente um prato.

Bom, na verdade no domingo a preguiça de sair de casa era maior do que cozinhar, então decidi fazer um almoço. Como sei que o Amore não é fã de abobrinha, eu tinha que fazer alguma outra coisa para ele comer...e sem criatividade nenhuma corri para minha quase sempre salvação: O Risotto! A escolha da vez foi apenas pelo simples motivo: era o que tinha disponível no armário. Mas deu super certo! Eu só provei uma colheradinha...só para acertar os temperos...mas o Amore comeu tudo e raspou a panela. Isso alivia um pouco...inclusive ao ponto de querer continuar na cozinha só para agradá-lo mais...

...mas para minha sorte, ele também decidiu emplacar na dieta...e isso me tirou um peso...quer dizer, nós vamos perder peso e para isso tenho certeza que a disposição não vai faltar (ou pelo menos espero)...

Beijos e boa terça-feira!




Tempo de preparo: 25 Minutos
Rendimento: 2 Porções


3/4 xícara de arroz arbóreo ou carnarolli
20g de funghi porcini
1 1/2 colheres (sopa) de manteiga
3 colheres (sopa) de cebola picadinha
1/2 xícara de vinho do porto (+ 1/4 xícara para hidratar o cogumelo)
3 xícaras de caldo de legumes
Sal e pimenta-do-reino a gosto
Tomilho fresco a gosto (opcional)

Modo de preparo

1. Em uma tigela hidrate o cogumelo com 1/2 xícara de água quente + 1/4 xícara de vinho do porto, que deve estar morno. Deixe descansar por 30 minutos. Após esse período, escorra o cogumelo espremendo todo o caldo. Reserve o líquido e pique os cogumelos.

2. Leve o caldo de legumes ao fogo baixo e deixe ao lado sempre aquecido. Em uma panela, derreta 1 colher (sopa) de manteiga, junte a cebola e deixe refogar por alguns instantes até que fiquem translúcidas. Acrescente o cogumelo e deixe refogar por mais alguns instantes. Adicione o arroz e refogue por mais alguns minutos, acrescente o vinho do porto e não pare de mexer até que o vinho evapore. Acrescente o caldo que ficou dos cogumelos e mexa até que o líquido seque. Vá adicionando uma concha de caldo por vez, mexendo sempre, lembre-se que você só deverá adicionar a seguinte concha de caldo após a anterior ter secado. Tempere com sal e pimenta. Prove o risotto. Quando os grãos estiverem "al dente", já é hora de desligar o fogo. Adicione o restante da manteiga e o tomilho, deixe descansar por 1 ou 2 minutos.

Sirva imediatamente.

Obs: O risotto ficou mais escurinho por que usei todo o líquido onde hidratei o cogumelo. Se quiser mais clarinho é só usar menos.

22 comentários :

  1. Hmmmm....o bom do risotto é que ele é prato único, fácil, rápido e dá pra inventar de todos os jeitos e minha filha ama de paixão. Ando tentada a usar um vinho tinto neles, na verdade outro dia usei pra fazer um risoto doce de morangos e vinho de sobremesa...não gostei tanto assim, ainda preciso desenvolver mais o assunto.rsrsr
    Stef, esse seu está TU - DO!!! Lindão! Comeria muito bem esse prato agora, 19h47...tortura, né?
    beijos

    ResponderExcluir
  2. Hummm, amo risotto, é uma comfort food p/ mim...tô precisando urgente entrar numa dieta também, afinal depois do casamento e com a história do blog acabo encontrando desculpas pq tem tanta receita boa, né??!!bjinhos e boa semana!!!

    ResponderExcluir
  3. Ando tão preguiçosa também, Stef... na verdade, tb acho que é falta de tempo. E no pouco tempo que me sobra tenho vontade de ficar a toa, descansando... "preguiça quando não mata aleja", dizia minha mãe! Preciso me animar como tu!
    O risoto parece delicioso!
    Beijos,
    Heide

    ResponderExcluir
  4. Eu também tenho preguiça quase sempre, mas a vontade de comer me anima... kkkk Cogumelos com vinho do porto parece uma combinação excelente, preciso provar!!
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Foi meu almoço de hoje!!!

    Delíiicia!!!

    Obrigado! ;)

    bjos.

    ResponderExcluir
  6. eu penso da mesma fora que vc !!!! a ´reguiça é inimiga da cozinha !!! mas prefiro ir 1 vez por mês pra cozinha e fazer bem-feito do que ir sempre e não caprichar !! seu risoto ficou de comer com os olhos !!

    bj
    www.vvdavivian.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. A ideia do vinho do porto me fez imaginar o quanto deve ser gostoso este risoto! Adorei.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Stef, pensa numa pessoa que adora funghi... essa sou eu... babei nesse seu risoto...
    Nossa, tb preciso encarar essa danada dieta!
    Afffe!
    Bom fim de semana pra vcs!
    Bjim

    ResponderExcluir
  9. Adoro risoto. Apesar de nunca ter me aventurado a fazer, sempre como em restaurantes e em casa só aqueles de saquinho. Rs

    Sabe que eu adoro cozinhar, mais ultimamente a preguiça me domina. Minha casa só tem salada e sanduíche kkkkkk

    Amei a receita.
    Beijos
    Ge
    gematiuzzi.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. OI Mirella!

    Que bom que gostou! Espero que tenha feito por aí.

    Beijos e boa semana!

    ResponderExcluir
  11. Oi Sandra, tudo bem Querida?!

    Ahhh, risotto é tudo de melhor, né? Se eu pudesse comeria toda semana sem exceção..pena que a dieta não me permite...

    Eu já fiz outras receitas de risotto com vinho tinto e sempre ficaram boas, acho que dá um sabor mais acentuado...mas é de vinho, então é bom...rsrsrsrs

    Beijos e uma linda semana para você!

    ResponderExcluir
  12. Ai Cíntia, nem fala...o blog dá muito prazer e alegria de fazer...mas também engorda que é uma beleza...rsrsrs

    Espero que você estaja bem!

    Beijocas e boa semana!

    ResponderExcluir
  13. kkkkk, adorei a expressão Heidi...vou levar para mim agora.

    Sabe que eu estou assim também, acabo pegando o tempo que sobra para ficar com o Amore e me jogar no sofá para ver televisão..preguiçosa? Eu? Imagina....rsrsrs

    Beijos para você!

    ResponderExcluir
  14. Oi Andréa,
    Tudo bem?

    Pois é, eu me surpreendi...não sabia que ficava tão bom! Adorei mesmo!

    Beijos e boa semana!

    ResponderExcluir
  15. OI Ricardo!

    Que bom que você gostou...não tem como ficar ruim, né? Só tem coisa boa...

    Beijocas!

    ResponderExcluir
  16. OI Vivian!

    Acho isso mesmo...cozinhar tem que ter vontade e prazer...o resultado sempre fica melhor.

    Beijossss!

    ResponderExcluir
  17. OI Fla!

    Ficou bem inusitado...eu achei delicioso...quer dizer, o tiquinho que comi estava delicioso...rsrsrs

    Beijos!

    ResponderExcluir
  18. Ai Dri...que ódio, né? Por que fazer dieta é tão ruim? Por que comer o que engorda é tão bom?

    Mas Querida, boa sorte para você...eu estou aqui firme e forte na minha.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  19. Oi Geise,

    Ahhh, testa uma receitinha de risotto, vai? É tão simples de fazer...você vai adorar...e comer um que acabamos de fazer não tem preço...vai por mim, viu?

    Beijos!

    ResponderExcluir
  20. Oi, Stefânia!
    Já fiz muitas vezes essa sua receita de risotto de funghi, ela é muito boa! Mas todas as vezes que eu fiz, usei vinho tinto normal, não usei vinho do Porto. Dessa vez quero fazer com vinho do porto, você acha que vai fazer uma grande diferença na receita?
    Outra dúvida que eu tenho é a diferença entre usar o vinho branco e o vinho tinto/do Porto. Vejo que muitas pessoas fazem com vinho branco, você sabe qual é a diferença?

    Muito obrigada!
    Um grande beijo!
    Adoro o seu blog, já olhei ele todo e estou sempre esperando por novas receitas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Então, eu gosto muito do vinho do porto para essa receita por conta do sabor, ele dá um toque mais interessante, um pouco mais amadeirado, sabe?
      Em relação ao uso de outros tipos, a maioria dos risottos usam o vinho branco pois ele é mais suave do que o tinto e também não interfere na aparência/sabor final do prato. Tudo vai depender do que você está colocando no risotto. Carnes e cogumelos combinam bem com o vinho tinto/porto, agora os outros sabores eu costumo colocar o branco mesmo.

      Espero que tenha ajudado!

      Beijos e obrigada pela visita!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...